expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Um mergulho em minha alma

Um mergulho em minha alma


     Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Sou um andarilho sob um sol abrasante.
És sombra fresca à orla do meu caminho.
Sou solo árido com você tão distante,
Pois, és chuva, és fonte de puro carinho.

Sou lógica fria, sou simples explicação.
És sentimento a refazer minha alma,
És poesia a me doar um coração,
És quem amo mais do que minha própria vida.

Sou uma canção pobre e sem nexo algum.
És melodia, encanto quase divino.
Sou uma ave que voa para lugar nenhum
Até descobrir que és o meu ninho.

És um tudo, estás em tudo, és meu desejo,
Sonho, felícia, meu afã por teu beijo.

Daniel Carvalho Gonçalves
Escrito em 06 de julho de 1996
Abraço!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Perplexo

Perplexo

     Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Sei que o tempo, todo o tempo perdido,
Não pode explicar os nossos sentimentos;
Que os versos de amor, tristes e sentidos,
São lágrimas inúteis jogadas ao vento.

Sei que a vida é a soma de momentos,
E que sempre se conquista (ou até se perde)
A felicidade, e que o silêncio
É doce amargo, e dele não se foge.

Sei que são abstratas as canções de amor,
São flor-espinho fazendo rir ou chorar.
Sei que o ser amado é anjo sem pudor
Que nós tanto amamos, querendo odiar.

Sei que toda beleza, em si, é surreal,
Fruto de nossa imaginação carente
E de nossos desejos íntimos, silentes.

Sei que o amor é exatamente assim:
Um inexplicável instante sem fim.


Daniel Carvalho Gonçalves
Escrito em 26 de agosto de 1994
Abraço!

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Encontro

Encontro


     Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Hoje, quero apenas um poema
Com quantas palavras forem necessárias
Para falar de amor.

Mesmo que seja feito por silêncios,
Escandalosos silêncios,
Intensos desejos,
Desavergonhadas loucuras
Que queimam no corpo
E escapam pelos olhos.

Hoje, quero a jura mais gemida,
O contato da tua pele nua,
Batizados por nosso suor,
O sonho à espera
Que o momento se prolongue
E o amanhã seja eterno.

Hoje, duas palavras
Resumem o que sinto,
Duas palavras valem a vida:
Te amo.


Daniel Carvalho Gonçalves
Escrito em 20 de abril de 2016
Abraço!