expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Inesquecível

Inesquecível


  Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Eis que a saudade me possui, tão caudalosa,
Germinando qual relva em plena primavera,
Fecundando a poesia, misteriosa,
Poderosa qual síntese de deusa e fera.

Ignoto em minha solitude, te recordo,
Tão linda! Bem sei que Vênus te invejaria.
Tudo o que aspiro é ter você do meu lado
E te fazer saber o quanto te amo, ah!, queria

Te encontrar para falar, em meu encantamento,
O que não consegui dizer naquele momento,
Quando o seu sorriso me arrancou a calma.

Ficou um sussurro triste preso em meu sonho,
Uma mágoa frágil em meu rosto risonho,
Pois, tudo o que fiz foi lhe implantar em minha alma.


Daniel Carvalho Gonçalves
Escrito em 02 de novembro de 1995
Abraço!