expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

domingo, 7 de junho de 2015

Falsa incógnita

Falsa incógnita

    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Que força é essa que explode, silente,
Em meu coração quando tu estás ausente?
Que força é essa que expõe o meu medo

De te perder, e me faz tão dependente?
Por que ela fulge assim, tão loucamente,
E arranca do meu amor quaisquer segredos?

Que força é essa que grita e que chora,
Que chama teu nome pela noite afora,
Que te faz uma deusa, razão da minha fé?

Que força é essa que mexe com meu corpo,
Fecunda meu desejo de tocar teu corpo
Cálido, tua pele nua de mulher?

Deus! O que vibra com tanta intensidade?
Bem sei que essa força se chama saudade.


Daniel Carvalho Gonçalves
Escrito em 18 de maio de 1997
Abraço!